sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

In a Time of Her Own











Margo Guryan Why Do I Cry? (27 Demos 2014)

The 13th Floor Elevators She Lives (In A Time of Her Own) (Easter Everywhere 1967)

Embryo Entrances (Rocksession 1977) 

The Electric Prunes Holy Are You (Release of an Oath 1968)

[FREEZE!:// DIABLO SWING ORCHESTRA - PACIFISTICUFFS 2017 

The Age of Vulture Culture
Interruption

[FREEZE!:// DIABLO SWING ORCHESTRA - PACIFISTICUFFS 2017 

Nektar Burn Out My Eyes (Journey To The Centre Of The Eye 1972)

Cluster & Brian Eno One (Cluster & Eno 1977)

Ibliss Athir (Supernova 1972)



quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Surfin' through the cemetery



Butthole Surfers – Who Was In My Room Last Night;
Witchcraft – Deconstruction;
October Tide – Our Constellation;
Woods of Ypres – I Was Buried In Mount Pleasant Cemetery;
Draconian – Pale Tortured Blue;
Dozer – Big Sky Theory;
Type O Negative – Anesthesia;

>FREEZE!<

Diablo Swing Orchestra – The Age of Vulture;
Diablo Swing Orchestra – Jigsaw Hustle;
Diablo Swing Orchestra – Climbing The Eyewall;

>FREEZE!<



                                                                                            -Bernardo Matos, Quinta-Feira 16/11/2017

domingo, 10 de dezembro de 2017

FREEZE!: Diablo Swing Orchestra - Pacifisticuffs (Spinefarm/Universal 2017)



O destaque Freeze! desta semana vai para Pacifisticuffs, dos suecos Diablo Swing Orchestra, que estão de volta com a sua fusão esquizofrénica de metal, jazz e pop.

Lançado no passado 8 de Dezembro, após mais de um ano de produção, que levou ao hiato mais prolongado entre álbuns (5 anos separam Pacifisticuffs do seu antecessor Pandors's Piñata), é um disco também com várias novidades quanto ao som da banda liderada por Daniel Håkansson que, após uma entrada em grande em 2006 com o álbum de estreia The Butcher's Ballroom, explodiu em 2009 com o seu segundo disco, Sing-Along Songs For The Dead. Pacifisticuffs, o aguardado quarto álbum da banda, explora influências americanas do Bluegrass e Country & Western em detrimento da da sonoridade operática dos trabalhos anteriores, consequência da saída da banda da soprano AnnLouice Lögdlund, em 2014. A  nova voz encontrada para a substituir, Kristin Evegård, traz uma vertente mais pop à banda, que carrega menos no metal neste novo trabalho (o que não significa a ausência de riffs poderosos).

Com composições curtas e cheias de energia, que pedem mais um pezinho de dança do que um mosh-pit, Pacifisticuffs mostra bem o porquê de os Diablo Swing Orchestra serem uma das mais singulares bandas do avant-metal actual.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

myfeetarenailedtothefloor



anna von hausswolff . the mysterious vanishing of electra
swans . deliquescing
zola jesus . exhumed

[freeze! solus . satya yuga
relic
freeze!]

the telescopes . hand full of ashes
my disco . our decade
nine inch nails . not anymore
a place to bury strangers . fill the void
girl band . why they hide their bodies under my garage? (blawan cover)

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

pleasuredome



Rush - Xanadu (A Farewell to Kings, 1977)

[FREEZE!:// Solus - Satya Yuga, 2017]
Kali

Oresund Space Collective - ESP: Extreme Spatial Perspective (Hallucinations Inside the Oracle 2017)
Jess and The Ancient Ones - Anyway the Minds Flow (The Horse and Other Weird Tales 2017)
Opeth - The Lines in My Hand (Heritage 2011)
Pain of Salvation - Angels of Broken Things (In The Passing Light of Day 2017)

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

el fuego


Causa Sui - El Fuego (Vibraciones Doradas, 2017)
Galatic Gulag - Home (To The Starts By Hard Ways, 2017)

[FREEZE!:// Solus - Satya Yuga (2017)]
Satya
Dvapara

Purple Hill Witch - Ghouls in Leather (Celestial Cemetary, 2017)
Wolf Counsel - Wolvenearth (Age of Madness/Reign of Chaos, 2017)
Electric Wizard - Mourning of the Magicians (Wizard Bloody Wizard, 2017)

domingo, 3 de dezembro de 2017

FREEZE!: Solus - Satya Yuga (2017)


Vindo da cidade de Calgary, na provincia canadiense Alberta, chega-nos o projeto de "one-man psychedelic rock", Solus.

Satya Yuga é o nome do primeiro álbum deste projeto, são cinquenta minutos de um baixo estimulante, baterias hipnóticas, melodias que vagueiam pelo espetro sonoro e guitarras sempre com o Fuzz ligado, tudo isto fundido com música tradicional folclórica oriental.

Esta semana vamos poder escutar esta obra psicadélica no Destaque Freeze! do Fahrenheit 107.9, todos os dias entre as 14h e as 15h nos 107.9fm da Rádio Universidade de Coimbra ou em www.ruc.fm.